Constituição das comunidades negras rurais na América Latina e os efeitos das atividades econômicas nas territorialidades de Quilombo e Palenque, Brasil e Colômbia.

  • Lucas Bento Silva Universidade Federal de Goiás (UFG)
Palabras clave: comunidades negras, América Latina; territorialidad quilombolas y palenqueras, agroecología y agrobiodiversidad, efectos económicos

Resumen

O presente trabalho visa apresentar um breve panorama sobre os trabalhadores da terra e seus saberes-fazeres tradicionais, do Quilombo Cangume, Brasil, e Palenque San Juan de Palos Prieto, Colombia, a partir do sistema de produção agrícola tradicional e os efeitos do capitalismo no campo. Cangume, localizado no município de Itaóca, Vale do Ribeira, abrange parte dos dois Estados mais desenvolvidos do País: a região sudeste do Estado de São Paulo e a leste do Estado do Paraná, Brasil. Prieto, localiza-se em Magdalena, a capital deste departamento é Santa Marta, no Caribe colombiano, ambas comunidades territorializaram-se através das principais cadeias produtivas: a agroecologia e a agrobiodiversidade.
Publicado
2018-12-27
Cómo citar
Silva, L. (2018). Constituição das comunidades negras rurais na América Latina e os efeitos das atividades econômicas nas territorialidades de Quilombo e Palenque, Brasil e Colômbia. Cartografías Del Sur. Revista De Ciencias, Artes Y Tecnología, (8), 200-209. Recuperado a partir de http://cartografiasdelsur.undav.edu.ar/index.php/CdS/article/view/114
Sección
Avances de Investigación